Pages

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Rádio Caxias AM completa 66 anos

Inaugurada no dia 27 de abril de 1946, a Rádio Caxias 930 AM, emissora integrante do Sistema Trídio de Comunicação (STC) faz 66 anos nesta sexta-feira.

Confira a matéria comemorativa da emissora postada no site da rádio.

"... A sociedade caxiense espera ansiosa. O clima de expectativa toma conta das casas onde estão instalados os poucos rádios de Caxias do Sul. Os aparelhos sintonizam o prefixo Z-Y-F-3. No início da noite entra no ar a primeira emissora a operar na Serra Gaúcha.

A solenidade de inauguração da Rádio Caxias movimentou a cidade e teve apresentação do cantor norte-americano Bob Barlow e da Orquestra Sinfônica da cidade. Há 66 anos a emissora participa do dia-a-dia das famílias caxienses e também da região. Acompanhar a programação de jornalismo e esportes se transformou num hábito que passa de geração para geração. Tem sido assim por mais de seis décadas, numa história que começou logo após a Segunda Guerra Mundial.

A Caxias começou a ser planejada no início da década de 40. Joaquim Pedro Lisboa, idealizador da rádio, teve que esperar o fim da Guerra para conseguir concessão do governo e instalar a emissora. Ele se une a Luiz Napolitano e Arnaldo Ballvé para fundar a rádio. Napolitano era proprietário de um serviço de alto-falantes que funcionava na Praça Dante Alighieri, e Arnaldo Ballvé liderava o grupo Emissoras Reunidas. Os três se juntaram ao empresário Nestor Rizzo, escolhido para comandar a empresa. A primeira transmissão foi feita dos estúdios localizados no Recreio Guarany.

Jornalismo e Esporte foram o foco da Caxias desde o início das transmissões. Naqueles tempos, o rádio vivia uma época de ouro. Os locutores tinham vozes graves e causavam curiosidade aos ouvintes. As radionovelas tinham audiência garantida. Também era o momento das grandes cantoras, como Emilinha Borba, Carmem Miranda e Dalva de Oliveira.

A Rádio foi pioneira na ligação entre as zonas urbana e rural de Caxias do Sul. Era através dos microfones que os moradores do interior sabiam da realização de festas na região. Além disso, uma das marcas da emissora era informar os nascimentos e falecimentos. O serviço até hoje é tradicional no horário do meio-dia, sendo que as notas fúnebres são uma das marcas registradas. Atualmente, a rádio veicula música apenas na madrugada. O primeiro jornal da emissora está no ar até hoje. Ao longo dos anos teve diferentes nomes, mas se mantém no tradicional horário do meio-dia. Na década de 40, Nestor Rizzo anunciava o início do noticiário.

Depois teve os nomes de Radiojornal Cerveja Pérola; Radiojornal Madezatti, patrocinado pela indústria madeireira do mesmo nome, e Radiojornal Chies, patrocinado pela empresa de materiais para construção. Desde 1989 o noticiário leva o nome de Jornal Formolo, e tem o patrocínio do Formolo Materiais para Construção.

O primeiro programa esportivo da rádio também nunca saiu do ar. No dia 15 de novembro de 1946, começou a funcionar o setor de esportes da rádio. Nesse dia estreou a primeira edição do programa Esportes na Onda. No microfone, Nestor Gollo anunciava a atração.

Alguns meses após a estreia do Esportes na Onda começaram as transmissões externas. Desde então, a rádio acompanha cada passo de Caxias e Juventude dentro e fora de campo.

Também foi por meio dos microfones da Rádio Caxias que a cidade conheceu um dos mais importantes comentaristas esportivos. Independentemente da torcida, Dante Andreis cativou os caxienses. Com um jeito simples, ele eternizou a frase que até hoje representa cada dia de trabalho de nossa equipe esportiva.

Em 28 de agosto de 1972, a rádio ganhou sede própria, e passou a funcionar em uma área de 400 metros quadrados, no 21º andar do Edifício Estrela, onde opera até hoje. A inauguração teve a presença do ministro das Comunicações, Higino Corsetti, entre outras autoridades. Em 1988 um novo marco na história da Rádio Caxias. A emissora é adquirida pelo neto de Joaquim Pedro Lisboa, o empresário Paulo Triches, que na época formou o Sistema Trídio de Comunicação. Além da Rádio Caxias, foram compradas mais uma rádio AM e duas FM’s.

Nestes 66 anos, as equipes de jornalismo e esporte da Rádio Caxias trabalharam na transmissão de fatos que marcaram a história, como eleições municipais, estaduais e presidenciais, decisões de campeonato e Copas do Mundo. Apesar da dinâmica e exaltação que eventos como esses provocam nas equipes, os jornalistas também sabem a responsabilidade que têm no acompanhamento do cotidiano da cidade, em temas como política, saúde, educação, e na vivência diária com a dupla Ca-Ju.

A equipe da Rádio Caxias é composta por 60 profissionais, entre diretores, departamentos de jornalismo e esporte, setor administrativo, marketing, comercial e técnico. A Caxias continua sendo líder de audiência e reconhecida pela credibilidade e prestação de serviços. A equipe agradece pela audiência nesses 66 anos de jornalismo e esporte, dedicados a você."

0 comentários:

Postar um comentário